Pintura doada ao National Truste é reconhecida como autorretrato de Rembrandt

Quadro doado em 2010 ao National Truste – organização britânica responsável pela preservação de castelos e casas históricas do Reino Unido – foi identificado como um autorretrato do pintor holandês Rembrandt.

Um especialista na obra de Rembrandt assegurou que a pintura, que estava nas paredes da Abadia de Buckland e era atribuída a um pupilo do mestre holandês, na verdade foi pintado pelo próprio artista.

A obra foi doada à fundação há três anos como uma peça dos herdeiros da falecida Lady Samuel de Wych Cross, cujo marido, o filantropo Lorde Samuel de Wych Cross, colecionou várias pinturas durante sua vida.

Horst Gerson, um especialista na obra do holandês, e o chamado Rembrandt Research Project (RPP), um projeto de pesquisa sobre Rembrandt, concluíram há quatro décadas que esse retrato tinha sido feito por um dos pupilos do artista.

No entanto, após analisar a evolução do estilo do pintor e após desenvolver uma nova investigação sobre a pintura a cargo do especialista mais renomado na obra de Rembrandt, Ernst Van de Wetering, o quadro passou a ser atribuído ao gênio holandês.

Na obra, datada de 1635, o artista teria aproximadamente 29 anos. Avaliado em US$ 30,1 milhões, o autorretrato não poderá ser vendido, já que a fundação tem a missão de zelar a arte nacional em benefício público.

Fonte: EFE

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s