Mostra no Rio traz painel “A Primeira Missa no Brasil” de Portinari

Cândido Portinari. A Primeira Missa no Brasil, 1948. Têmpera sobre tela, 266 x 598 cm

Cândido Portinari. A Primeira Missa no Brasil, 1948. Têmpera sobre tela, 266 x 598 cm

Por mais de 65 anos, o painel “A Primeira Missa no Brasil” de Cândido Portinari viveu isolado do mundo, ocupando uma parede do mezanino do Edifício Pio X, ao lado da Igreja da Candelária. Adquirido pelo Instituto Brasileiro de Museus (IBRAM), vinculado ao Ministério da Cultura, no ano passado pelo valor de R$ 5 milhões, o painel foi transferido para o acervo do Museu Nacional de Belas Artes.

Agora, a partir de amanhã, a obra integra a exposição “Quando o Brasil Amanhecia”, que traz em seu contexto a obra de mesmo tema de outro grande artista brasileiro, Vitor Meireles, no próprio Museu Nacional de Belas Artes, no Rio de Janeiro.

Quase um século separa as duas obras que retratam um dos momentos mais representativos da história nacional: a celebração da primeira missa em terra firme brasileira. Além das duas grandes obras, a exposição traz dezenas de desenhos preparatórios e esboços dos artistas.

Com informações do Yahoo Notícias, Estadão e G1

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s