Obras recentes de José Resende na Pinacoteca de Sao Paulo

José Resende, Sem Título, 2011

A Pinacoteca do Estado de São Paulo abriu, no último sábado, a exposição “José Resende”, com 12 obras inéditas do artista, criadas entre 2011 e 2015. Oito delas foram pensadas para o espaço e a arquitetura da Pinacoteca.

José Resende é um dos mais importantes artistas brasileiros, fundador do Grupo Rex (em 1966), ao lado de nomes como Geraldo de Barros e Wesley Duke Lee. Também participou da Bienal de Paris em 1980, da Bienal de Veneza em 1988, da Bienal de Sidney em 1998 e de diversas edições da Bienal de São Paulo. Em 2015, Resende comemora 70 anos de idade e 50 de carreira.

“Os materiais utilizados por José Resende em suas obras estão relacionados, em geral, com a arquitetura e a visualidade urbana. Prevalecem os materiais da construção civil, encontrados em edifícios e no mobiliário urbano, como aço, vergalhões, madeira, pedras, isso desde a década de 1970. O próprio artista diz que esta reunião de trabalhos, constituída apenas de peças recentes, é uma retrospectiva de sua trajetória. Mas essa afirmação, ao mesmo tempo que aponta para o andamento cumulativo da obra de José Resende, faz uma referência divertida a operações como a de retomar a forma de sua Vênus, apresentada, por exemplo, na 9ª Documenta de Kassel, em 1992”, afirma José Augusto Ribeiro, da equipe de curadores da Pinacoteca.

A exposição permanece na Pinacoteca até 14 de junho.

Com informações da Pinacoteca do Estado de São Paulo e Glamurama

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s