Depois de 20 anos, Marc Quinn e White Cube encerram parceria

18-02

Marc Quinn

Um porta-voz da White Cube anunciou na última quinta-feira, dia 11, que a galeria britânica não representa mais o artista de Marc Quinn. Isto marca o fim de uma parceria profissional iniciada há mais de 20 anos, desde que Jay Jopling inaugurou a galeria em 1993.

Marc Quinn foi o primeiro artista com quem Jopling trabalhou. Antes de lançar a White Cube, o dealer organizou uma exposição do artista na Grob Gallery de Londres em 1991. A partir de então, Marc Quinn passou a criar obras de suma importância na história recente dos YBAs (Young British Artists) – intimamente ligada às atividades comerciais de Jopling – desde “Self”, o auto-retrato em sangue congelado do artista, até a série Sphinx, com obras que retratam a top model Kate Moss em esculturas douradas e em bronze.

O comunicado confirma o fim da parceria e diz ainda: “Gostaríamos de aproveitar a oportunidade para desejar (a Marc Quinn) todo o sucesso em seus projetos futuros”. Procurado pela redação do The Art Newspaper, Marc Quinn não se manifestou sobre o assunto.

Com informações do The Art Newspaper e Artnet

Anúncios
Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s