Obra de Picasso roubada e recuperada volta a ser exposta no Pompidou

A tela “La Coiffeuse” (1911), roubada do Centre Pompidou em 2011, vai voltar a ser exposta no museu depois de 15 anos. A pintura foi apreendida pela alfândega dos Estados Unidos em 2014, em Nova Jersei. Policiais suspeitaram de um pacote descrito como um presente de natal de US$ 37 que seria enviado para um local de armazenamento de clima controlado. A obra seguia da Bélgica com destino à Nova York. Na época do roubo a tela era avaliada em US$ 2,5 milhões.

“La Coiffeuse”, que entrou para a coleção do Centre Pompidou em 1967 doada por Georges Salles, foi devolvida ao museu em setembro do ano passado. Precisou, porém, de cinco meses de restauro antes de ser exibida novamente, já que sofreu alguns danos devido às más condições de armazenamento durante mais de uma década.

O público do Centre Pompidou poderá aprecia-la novamente a partir de 24 de março. Nesta data, a equipe de restauração irá conversar com os visitantes, como parte da terceira edição do Museum Live, um “microfestival” de uma noite que ainda vai contar com performances e uma programação especial, levando o público a interagir com artistas, profissionais do museu e doadores.

Com informações do The Art Newspaper

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s