Virginia Medeiros é a vencedora do Prêmio PIPA 2015

Obras de Virginia de Medeiros apresentadas durante a Mostra PIPA 2015 no MAM-Rio

O Prêmio Investidor Profissional de Arte (PIPA) elegeu a artista plástica Virginia de Medeiros como a vencedora da edição de 2015. O anúncio foi feito na tarde do dia 12 de novembro pelo curador do MAM-Rio, Luiz Camillo Osorio. Além de Virginia, Marina Rheingantz, Cristiano Lenhardt e Letícia Ramos estavam entre os finalistas.

A artista baiana já havia vencido com o PIPA Voto Popular Exposição. Pela dupla consagração, Virgínia vai receber RS$ 24 mil referente ao Voto Popular e mais R$ 130 mil pelo prêmio principal, estando incluída nesse valor a participação por três meses no programa de residência artística da Residency Unlimited, em Nova York.

Virginia de Medeiros tem um trabalho fortemente centrado na diversidade humana e nos códigos sociais, presente principalmente em videoinstalações. A artista também esteve entre os cinco vencedores do Prêmio Marcantônio Vilaça para as Artes Plásticas, anunciado em abril deste ano.

O PIPA foi criado em 2010, e já premiou os artistas Alice Miceli, Cadu, Marcius Galan, Tatiana Blass e Renata Lucas.

Com informações da Folha de S. Paulo, O Globo e Jornal do Brasil

Anúncios

Mostra itinerante da 29.ª Bienal de São Paulo em BH recebe mais de 53 mil visitantes

A 29.ª Bienal de São Paulo – Obras Selecionadas teve um grande sucesso de público, durante os dois meses de duração da mostra itinerante, nas galerias do Palácio das Artes e no Centro de Arte Contemporânea e Fotografia, em Belo Horizonte.

A exposição, que foi inaugurada em 18 de janeiro e se encerra neste domingo, 20, já registrou mais de 53 mil visitantes nos espaços da Fundação Clóvis Salgado. Com um recorte especial da 29.ª, os curadores Agnaldo Farias e Moacir dos Anjos selecionaram para o público mineiro cerca de 90 obras, de 35 artistas. Mais 11 cidades receberão o projeto itinerante da Bienal. A próxima parada é o Museu de Arte Moderna (MAM), do Rio de Janeiro, cuja abertura ocorrerá neste sábado, 19 de Março.

Louise Bourgeois em Buenos Aires, SP e Rio

Louise Bourgeois, “Arch of Hysteria," 1993.

Louise Bourgeois, “Arch of Hysteria," 1993. Bronze, polished patina, hanging piece, 83.8 x 101.6 x 58.4 cm

Pela primeira vez na América Latina, a Funcadión Proa apresenta na Argentina e no Brasil Louise Bourgeois: The Return of the Repressed, uma grande exposição da artista com curadoria de Philip Larratt-Smith e organizada pelo Instituto Tomie Ohtake, o estúdio de Louise Borgeouis em Nova York e o Proa.

Com mais de 80 peças, incluindo The Destruction of the Father (1974), Le Défi II (1992), Arch of Hysteria (1993), Red Room (Parents) (1994) e Spider (1997), a mostra oferece uma visão abrangente dos 60 anos de produção artística de Bergeouis, desde o seu início até 2009.

Depois de Buenos Aires, a exposição viaja para o Instituto Tomie Ohtake em julho e, em setembro, acontece no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro.

29ª Bienal chega ao Rio de Janeiro

Lingua Apunhalada, Lygia Pape

"Lingua Apunhalada", Lygia Pape

O projeto itinerante da 29ª Bienal de São Paulo, que reuniu, entre 25 de setembro e 12 de dezembro de 2010, 850 obras de 159 artistas dos mais variados países, chega em março ao Rio de Janeiro.

Depois de passar por Belo Horizonte, obras selecionadas para o projeto serão expostas ente 15 de março a 8 de maio no Museu de Arte Moderna (MAM), no Aterro do Flamengo. A exposição reunirá, no museu carioca, cerca de 90 obras, de 17 artistas, que participaram da mostra em São Paulo

Obras selecionadas pelos curadores Moacir dos Anjos e Agnaldo Farias percorrerão 12 cidades brasileiras até agosto deste ano.

Visita virtual
Em iniciativa inédita no país, a Bienal de São Paulo apresentará nos espaços expositivos itinerantes uma visita virtual à exposição original em formato de vídeo 360 graus. O visitante poderá interagir com um vídeo produzido com tecnologia semelhante ao famoso Google Street View: ir e voltar no tempo e espaço, vendo o público trafegar pelo pavilhão ao mesmo tempo em que admiraas obras. Confira no link: http://media.yb.nl/bienal/

Waltercio Caldas no MAM (RJ)

O artista Waltercio Caldas volta a expor no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, local onde em 1963 começou a estudar artes plásticas. A exposição “Salas e Abismos” mostra esculturas e objetos que retratam de forma específica seu trabalho. Em entrevista à Folha, Waltercio mostra os preparativos para a exposição que segundo ele, deve ser tratada como se fosse a escrita de uma poesia.

Para assistir à entrevista com o artista, clique aqui.

“Salas e Abismos”
Museu de Arte Moderna (RJ)
de hoje a 31/10

Fonte: Folha.com