Vídeo: 60 obras em 60 segundos – Armory Show

Com mais de 200 expositores, a edição de 2016 da Armory Show, que acontece até 6 de março, é uma sinfonia visual. Neste vídeo você confere algumas das obras de destaque em exposição no Pier 94, dedicado à arte contemporânea.

Via Blouin ArtInfo

Anúncios

Vídeo: Cecily Brown, Jeff Koons e Charles Ray na Flag Art Foundation

A FLAG Art Foundation, em Nova York, apresenta até o dia 14 de maio obras de Cecily Brown, Jeff Koons e Charles Ray. Ocupando a galeria do 9º andar da instituição, as obras variam desde telas ricamente pintadas até esculturas de perspicácia e técnica extraordinárias. São três obras de cada artista, que abordam temas como a juventude, nostalgia e intimidade. A exposição elenca um senso de admiração física e uma desconexão dissonante entre inocência e subversão.

A abordagem sem precedentes de Jeff Koons e Charles Ray em relação ao material, escala e superfície redefiniram as possibilidades da escultura. Explorando o rico território psicológico da infância e das relações familiares, ambos elevaram temas inocentes a um status monumental. Cecily Brown, por sua vez, explora a juventude e a transitoriedade em composições caleidoscópicas, utilizando a materialidade da pintura para reproduzir sensações físicas e a ilusão do movimento.

Vídeo: retrospectiva de Jean Dubuffet na Fondation Beyelerv

Jean Dubuffet – Metamorphoses of Landscape”, na Fondation Beyeler (Basel, Suíça) é uma retrospectiva abrangente da obra multifacetada do artista francês. A exposição vai ate 8 de maio e apresenta mais de 100 trabalhos do pintor e escultor, que também é reconhecido como o fundador da Art Brut. Sua influência pode ser sentida ainda hoje na arte contemporânea e na street art, como por exemplo, nos trabalhos de Jean-Michel Basquiat, Keith Haring e Ugo Rondinone.

A exposição na Fondation Beyeler centra-se na ideia de paisagem de Dubuffet, que em suas mãos podem se transformar em um corpo, um rosto ou um objeto. Retratos, nus femininos e natureza morta se transformam em vibrantes paisagens.

Via Vernissage TV

De Monet a Matisse: os jardins na pintura, na Royal Academy

Tomando Monet como o ponto de partida, a Royal Academy of Arts de Londres vai analisar a presença dos jardins nas representações pictóricas entre o começo da década de 1860 e os anos 20 do século passado, na mostra “Painting the Modern Garden: Monet to Matisse”.

A exposição, que reúne cerca de 120 obras, nos permite avaliar como a evolução da história da arte se refletiu nas representações de um motivo tão aparentemente tradicional como um jardim – seja ele público ou privado, silvestre ou criado pelo homem.

Monet foi, possivelmente, o mais importante pintor que retratou os jardins, mas este universo também encantou artistas como Renoir, Cézanne, Pissarro, Manet, Sargent, Kandinsky, Van Gogh, Matisse, Klimt e Klee.

Os destaques incluem uma seleção notável de Monet, incluindo o monumental “Agapanthus Triptych” – reunidos especialmente para a exposição, a tela de Renoir “Monet Painting in His Garden at Argenteuil” e “Murnau The Garden II”, de Kandinsky.

A exposição foi organizada em colaboração com o Cleveland Museum of Art e permanece em cartaz entre 30 de janeiro e 20 de abril.

[Retrospectiva 2015] Vernissage TV publica lista com os 10 vídeos mais vistos do ano

A Vernissage TV é um projeto que publica vídeos sobre as principais exposições e eventos de arte contemporânea, design e arquitetura ao redor do mundo. O ranking dos vídeos mais vistos em suas plataformas de distribuição (no próprio site ou em canais do Youtube, iTunes, Vimeo, entre outros) pode ser considerado um panorama geral de como foi o ano para as artes visuais ao redor do mundo.

Os dois vídeos mais vistos em 2015, por exemplo, fazem uma breve cobertura da Bienal de Veneza – que é, certamente, um dos eventos de arte mais importantes do calendário das artes.

Confira a lista e assista aos vídeos:

  1. Venice Art Biennale 2015: Arsenale

Continuar lendo

Vídeo: Frieze Art Fair London 2015 Sculpture Park

Assim como nos anos anteriores, a Frieze London apresentou seu Frieze Sculpture Park – uma exposição de esculturas, instalações e performances ao ar livre, nos jardins do Regent’s park.

O Frieze Sculpture Park 2015 teve curadoria de Clare Lilley e reuniu 16 obras de artistas internacionais. Desta vez, porém, alguns trabalhos permanecerão em exposição até 10 de janeiro de 2016.

Este vídeo, publicado pela Vernissage TV, faz um passeio pelo parque de esculturas londrino.

Vídeo: Unlimited – Art Basel 2015

Confira as primeiras impressões do setor Unlimited, da Art Basel 2015. Este setor é dedicado a instalações em grandes formatos, pinturas, esculturas, performances e vídeos. Entre as obras, estão obras de Julius von Bismarck, Jeppe Hein, Ai Weiwei, David Shirley, Héctor Zamora, Konrad Klapheck, Pascale Martine Tayou, Roman Ondák e Olafur Eliasson.

A Unlimited tem curadoria de Gianni Jetzer e o vídeo foi criado pela Vernissage TV.

Trailer de “Maurizio Cattelan: The Movie” fornece visão sobre a carreira do controverso artista italiano

A escultura L.O.V.E (2010), de Maurizio Cattelan, ilustra um pouco da trajetória polêmica e provocativa do artista

Esta semana, uma série de jornais e portais internacionais, especializados ou não em arte, divulgaram o trailer de um possível documentário sobre o artista italiano Maurizio Cattelan, conhecido por sua abordagem “altamente não convencional”.

Dizemos possível porque, vindo dele, não podemos afirmar se é mais uma de suas brincadeiras ou se é mesmo verdade. De qualquer forma, vale conferir um pouco mais sobre a vida e a carreira do artista de 54 anos no trailer com pouco mais de dois minutos.

Com direção de Maura Axelrod, o documentário levou 15 anos para ser realizado e deverá ser lançado em 2015. Entremeado por depoimentos de amigos, colecionadores e outras personalidades, o filme lança um olhar atento sobre a carreira e a vida pessoal de Cattelan, culminando em sua aclamada retrospectiva no Guggenheim, em 2011, quando ele anunciou a sua aposentadoria.

No trailer do documentário, Adam Lindemann diz que Cattelan é “provavelmente um dos maiores artistas de hoje, mas também poderia ser o pior. Tem que ser um ou outro. Não vai ficar no meio termo”. Com um trabalho bem-humorado e profundo, ele está mesmo longe de ser mediano. Confira você mesmo assistindo ao trailer.

Com informações de Complex, ArtFCity, Artnews e New York Observer

Pela primeira vez na América Latina, exposição de Kandinsky abre em Brasília

A exposição “Kandinsky: tudo começa num ponto” reúne cerca de 150 peças, entre obras, fotos, livros, objetos e cartas do artista. O acervo que compõe a mostra tem como base a coleção do Museu Estatal Russo de São Petersburgo, enriquecido com obras de mais sete museus da Rússia e coleções procedentes da Alemanha, Áustria, Inglaterra e França.

Em cartaz no CCBB de Brasília, a mostra está dividida em cinco blocos: Kandinsky e as raízes de sua obra em relação com a cultura popular e o folclore russo; Kandinsky e o universo espiritual do xamanismo no Norte da Rússia; Kandinsky na Alemanha e as experiências no grupo Der Blaue Reiter, vida em Murnau; Diálogo entre música e pintura: a amizade entre Kandinsky e Schonberg; Caminhos abertos pela abstração: Kandinsky e seus contemporâneos.

Esta é a primeira vez que uma exposição dedicada ao artista acontece na América Latina. Depois de permanecer em cartaz até o dia 12 de janeiro. “Kandinsky: Tudo Começa Num Ponto” passará pelo Rio de Janeiro, Belo Horizonte e São Paulo.

Com informações do Guia UOL, CCBB, G1 e R7