Christie’s dedica dois dias às vendas de Arte Latino Americana

“Espelho D’Água”, de Adriana Varejão, tem preço inicial estimado entre US$ 300 e US$ 500 mil

Em meio a um crescente interesse pela arte latino-americana nos principais museus americanos e europeus, a Christie’s (Nova York, Rockefeller Plaza) oferece em dois dias lotes excepcionais de artistas que incluem Joaquín Torres-García, Matta, Fernando Botero, Rufino Tamayo, Claudio Bravo e Wifredo Lam. As obras oferecidas nas vendas dos dias 20 e 21 de novembro vão desde o período colonial ao contemporâneo, incluindo um grande número de obras importantes de alguns dos principais artistas brasileiros da atualidade.

Os principais destaques incluem uma obra ricamente colorida de Tamayo, “Tres Personajes” (1970), estimada entre US$ 1,5 e US$ 2 milhões. Outro destaque é “Composition Nord – Art Constructif” (1931), de Torres-Garcia, com valor inicial calculado entre US$ 1,5 e US$ 2 milhões. Além desta, outra pintura importante de Torres-Garcia será oferecida: “Constructif avec poisson ocre” (1929), com valor inicial entre US$ 600 e US$ 800 mil.

Na seleção de obras de artistas brasileiros, destacam-se “Espelho D’Água” (2008) de Adriana Varejão, com estimativa entre US$ 300 e US$ 500 mil; uma obra sem título de Os Gêmeos, com valor inicial entre US$ 200 e US$ 300 mil; e “A Praça” (1985), de Luiz Zerbini, com estimativa entre US$ 80 e US$ 120 mil. Obras de artistas como Di Cavalcanti, Volpi, Beatriz Milhazes, Vik Muniz, Cildo Meireles, Leda Catunda, Tunga, Antonio Dias, e Waltercio Caldas também vão a leilão.

Com informações da Christie’s e Artdaily

Anúncios

Quem são os 100 artistas mais procurados nas vendas em leilões?

Jeff Koons lidera o ranking de valor alcançado por lote. Em um leilão da Christie’s, em 2013, uma de suas obras ultrapassou o valor de US$ 58 milhões

A equipe de análise do portal Artnet rastreou quatro anos de vendas em leilões para apresentar duas listas com os artistas vivos mais desejados ao redor do mundo. O período analisado está compreendido entre janeiro de 2011 e meados de outubro de 2015.

Na primeira lista estão os 100 lotes individuais mais expressivos de artistas vivos, em termos de valores arrematados. A segunda lista classifica os artistas vivos a partir de seus respectivos valores de vendas no mercado secundário dentro do período analisado. O ranking traz a classificação baseada na soma dos valores individuais de cada artista e indica o número de lotes arrematados.

Confira abaixo as duas listas divulgadas:

Continuar lendo

Um resumo das vendas dos leilões de arte contemporânea na Frieze Week: grandes resultados

Esta foi uma semana e grandes leilões de arte contemporânea em Londres. As principais casas de leilão da cidade aproveitam o boom de visitantes para oferecer lotes especiais.

O gráfico, compilado pelo site ArtNews com base nos dados publicados pela SkatePress, compara os resultados das vendas nos últimos cinco anos pela Christie’s, Sotheby’s e Phillips.

O grande salto em vendas foi dado pela Phillips, que intensificou seus esforços e mais o que dobrou seu total de vendas do ano passado.

(Todos os números foram convertidos de libras para dólares, usando as taxas de câmbio do momento das vendas) 

E-magazine #316: Ai Weiwei | Picasso | InterAKTION

– Depois de quatro anos, Ai Weiwei recebe de volta seu passaporte;
– Christie’s e Sotheby’s apresentam seus resultados de vendas do primeiro semestre de 2015;
– Artistas brasileiros participam da coletiva InterAKTION na Alemanha.

E mais: notícias da semana, agenda de exposições no Brasil e no Mundo, calendário de feiras internacionais e leilões de arte, além da seção “Em cartaz”, com as principais mostras em cartaz. Para ler na íntegra, clique aqui.

Ainda não recebe gratuitamente a nossa e-magazine? Então assine: http://www.touchofclass.com.br/cadastro.html

E-magazine #261 – Lista dos 200 maiores colecionadores | Leilão na Christie’s |Royal Academy of Arts

– Artnews publica sua lista anual dos 200 maiores colecionadores de Arte do Mundo;
–  Leilão de Arte Contemporânea e Pós-Guerra arrecada US$ 170 milhões na Christie’s;
–  Arte latino-americana na Royal Academy of Arts de Londres;

E mais: notícias da semana, agenda de exposições no Brasil e no Mundo, calendário de feiras internacionais e leilões de arte, além da seção “Em cartaz”, com as principais mostras em cartaz. Para ler na íntegra, clique aqui.

Ainda não recebe gratuitamente a nossa e-magazine? Então assine: http://www.touchofclass.com.br/cadastro.html

Brasileiros são destaque em leilão da Christie’s

Imagem: 

“O Casamento” (1995), de Beatriz Milhazes. Acrílico sobre tela, 121,9 x 124,8 cm

Os artistas brasileiros estão em alta na semana de leilões em Nova York, que enfoca a arte latino americana.

Na última terça-feira, dia 19, a Christie’s realizou seu leilão Latin American Art. A tela “O Casamento” (1995), de Beatriz Milhazes, foi a segunda mais cara da noite, vendida por US$ 1,025 milhão. “Women reaching for the Moon” (1946), do mexicano Rufino Tamayo, foi a mais cara do dia, arrematada por US$ 1,445 milhão.

Entre os quatro artistas vivos que bateram seus recordes individuais de venda, estão dois brasileiros: Abraham Palatnik e Tomie Ohtake. A tela “sequência Visual S-51” (1960’s) de Platnik foi vendida por US$ 785 mil, quase sete vezes mais do que o preço estimado (entre US$ 100 e US$ 150). Já o quadro “Untitled” (1979) de Tomie Ohtake alcançou US$ 81,250 (com estimativa anterior entre US$ 40 e US$ 60 mil).

Outro artista brasileiro que alcançou valor considerável foi Sérgio Camargo, com a obra “Relevo nº285” (1970), arrematada por US$ 749 mil.

O leilão foi considerado um sucesso e alcançou US$ 14,5 milhões, com 85% das obras vendidas, confirmando a grande demanda pela arte moderna e contemporânea latino-americana.

Com informações da Christie’s, Latin American Art e Yahoo Notícias

Escultura “Gorilla”, de Jeff Koons, em exposição nas ruas de Nova York

Foto publicada na conta tmgurlnyc do Instagram

Nova-iorquinos e turistas foram surpreendidos esta semana ao encontrar uma estátua de granito de um gorila instalada na 6th Avenue, em frente ao edíficio McGraw Hill. A estátua foi criada por ninguém menos do que Jeff Koons e vai a leilão, ao lado de outras dezenas de lotes, na “Post War and Contemporary Evening Sale”, marcada para 12 de novembro.

“Gorilla” foi executada entre 2006 e 2011 e é uma das três peças da série, assinada e datada por Jeff Koons. A escultura já esteve exposta anteriormente na Gagosian Gallery de Beverly Hills, de dezembro de 2012 e fevereio de 2013, e também na Gagosian Gallery de Nova York, entre maio e junho deste ano. Com 243,8 cm de altura, “Gorilla” tem a estimativa de alcançar entre 4 e 6 milhões de dólares.

Com informações da Christie’s e da Complex

Londres recebe a Master Paintings Week a partir de 28 de junho

A quinta edição da London’s Master Paintings Week acontece entre 28 de junho e 5 de julho e vai reunir vinte líderes de vendas e três casas internacionais de leilão, cada qual apresentando uma série de pinturas europeias datadas entre os séculos XV e XX.

Os leilões acontecerão na Bonhams (3 de julho), na Christie’s King Street (2 e 3 de julho) e na Sotheby’s (3 e 4 de julho). Nos lotes que vão a leilão estão obras de Canaletto, Monet, El Greco e Tiepolo e as vendas serão revertidas para a UNICEF da Alemanha.

Os colecionadores enxergam na semana uma oportunidade para redescobrir obras e conhecer pessoalmente trabalhos nunca expostos anteriormente.

Com informações do AMA

Portinari é um dos destaques de leilão de arte latina em NY

“Meninos Soltando Pipas” (óleo sobre tela, 1941), de Cândido Portinari, em leilão na Christie’s

Em Nova York, Sotheby’s e Christie’s realizam esta semana suas vendas de arte latino-americana. O mercado está estimulado pelas grandiosas vendas recentes e as casas esperam manter este nível de energia para os próximos leilões.

A tela “Meninos Soltando Pipas” de Portinari deverá ser a obra brasileira mais valorizada, com um valor estimado pela Christie’s em US$ 1,2 milhão. Entre os demais lotes em leilão, estão uma escultura de bronze de um casal dançando, do colombiano Fernando Botero, e telas do mexicano Alfredo Ramos Martínez e do chileno Roberto Matta.

A Christie’s estima que seu leilão alcance entre US$ 24 e US$ 34 milhões, enquanto a Sotheby’s espera conseguir entre US$ 21 e 29 milhões.

Com informações do Terra